Posted by : Xandy1608

Olá pessoinhas! Hoje terminei de ler uma coisa que necessitou de um certo desabafo, um fenômeno bizarro de amor e ódio coexistentes. Por isso, decidi expressar o que amo e o que odeio em Girls of the Wild's. Venho avisar, que não haverá musica no fim do post, apenas no inicio mesmo, pois vou reservar a parte final para spoilers do final e o que achei deles (Não se preocupe, irei avisar quando o momento chegar). De qualquer forma, dá play ai na música e vamos a review.



Girls of the Wild's é um manhwa escrito por Hun e desenhado por Hye-Jin. A obra conta com os gêneros: Ação, comédia, drama, artes marciais (isso é um gênero!?), romance, escolar e harém. A história segue o ponto de vista de Song Jae-Gu, um jovem de vida sofrida que sofreu bullying a vida toda, além de ter sido forçado a crescer muito cedo para tomar conta de seus irmãos mais novos por causa da ausência de seus pais. Por ser uma escola próxima e ele atender os requisitos para tal, Jae-Gu passa a frequentar a escola Wild's, uma famosa escola feminina focada em artes marciais que recentemente se tornou uma escola mista. Okay, até ai parece uma história genérica de harém, o que na real, me deu uma certa esfriada no hype quando soube que se tratava disso, mas ainda vou chegar lá.
Por mais clichê e idiota que pareça a ideia de GotW, somos surpreendidos por uma leitura muito dinâmica e apresentação de personagens no minimo interessantes (requisito básico pra uma obra do gênero). Mais ou menos pro cap 10, nos vemos em uma situação onde fica praticamente impossível parar de ler (Não foi só comigo, muitas reviews que achei pelo MAL diziam o mesmo, até as que tiveram uma nota final baixa). Começamos introduzidos a todo o universo e a saga da competição Wild's, que mostra um potencial bizarro na obra. Logo aí, veremos todo o desenvolvimento do personagens principal, com uma carga dramática ótima, além do melhor, que é a ação. Toda a ação de Girls of the Wild's é bizarra de boa, basicamente a obra trata de pessoas normais, então não há realmente super poderes ou coisas exageradas, no máximo terá algum oponente mais pesado que algum dos principais ou especializado em uma arte marcial difícil de lidar, o que afunda a obra num certo realismo, por mais sem graça que possa parecer para algumas pessoas o lance de sem poderes, GotW trabalha isso muito bem, adoro como as lutas são hiper empolgantes, cada soco tem seu significado, você sente o impacto das coisas, é tudo muito expressivo e preciso e o melhor de tudo, eles não tiveram medo de mostrar toda a natureza do esporte. Uma coisa normal de obras que tem muitas garotas num mundo hostil ou em um plot que exija luta, vemos um certo medo dos autores de ferir as garotas de maneiras especificas, então sempre veremos elas sendo acertadas em pontos específicos que não afetariam em sua beleza, ou pulariam a luta dela o máximo possível para vermos só que ela ganhou ou perdeu (É bem normal em obras do gênero elas serem basicamente intocáveis de tão fortes para não serem machucadas), mas em Girls of the Wild's, você vê o negócio real, as garotas lutando de verdade, deixando bem explícito que o "Selvagem" no título é real, elas não perdem tempo e os autores não tem medo de deformar a cara delas por mais bonita que ela seja, tirando toda aquela sensação de segurança que as obras normais passam pra esse tipo de personagem, e isso é louvável.
Saindo um pouco da parte de ação, os personagens são bem fáceis de gostar, no começo terá alguns deles de escanteio, mas conforme vai lendo, os personagens vão ser cada vez mais bem encaixados na história, forçando algo mais humano e crível a cada capítulo, te deixando sempre mais a vontade, mesmo perto de personagens que anteriormente você nem se quer gostava, coisa que muita obra peca de maneira absurda, pode ter certeza, que aqui funcionou perfeitamente. Como se não fosse o suficiente, os capítulos sempre dão um jeito de encerrar da forma mais escrota possível com você, nas sagas principais, é praticamente impossível não ter vontade de ler o próximo capítulo imediatamente, fazendo você ficar triste por GofW ter apenas 260 capítulos, sendo que antes de começar, você já tinha olhado para este número como algo negativo (pelo menos, no meu caso). E pra fechar as partes impossíveis de melhorar, temos toda a crítica social envolvida na obra, é bizarro. Ela tá sempre tratando de algo muito sério com uma maestria do caramba, é bem difícil você não levar o que está acontecendo a sério, eles mandaram muito bem colocando tudo em ação de maneira que faça sentido e que não ficasse forçado, tá aí um ponto que eu acredito que tenham mandado hiper bem. Só com isso, já deve ter dado pra perceber, que é impossível se arrepender de dar uma chance pra essa obra, e eu realmente digo isso, eu RECOMENDO, mas lembra do que eu disse antes? Não seria uma relação de amor e ódio se o ódio não existisse, então... chegou a hora dele.
Girls of the Wild's é dividido no que o autor chama de "duas temporadas", onde a primeira é mais focada na parte antes das férias escolares, o que eu considero uma das melhores coisas que eu já li na minha vida, facilmente. Obvio que há todo um uso de clichês, mas ele é bem explorado e leva pra um canto legal da história, além de que não é sempre que você consegue prever a obra, fazendo essa jogada de clichês uma roleta russa de emoções bem interessante. O problema está na segunda temporada, onde acontece a partir das férias, onde aparentemente, o chefão da escrita decidiu esmagar nosso coração como fãs sem dó nem piedade, com o que gosto de chamar de "A Temida Temporada do Romance", não me entenda errado, se você me acompanha a um tempo considerável, provavelmente sabe que se eu fosse separar meus favoritos por gêneros, o gênero romance seria meu gênero mais recheado, pois eu realmente adoro. Mas, falando assim, o que faz essa parte de romance de Girls of the Wild's tão podre? Bom, vamos lá... Lembrando, que a partir daqui, haverá SPOILERS MUITO PESADOS sobre o FINAL de Girls of the Wild's, você foi avisado.


---
---

Certo, de agora em diante, irei levar em conta que você tenha lido todo Girls of the Wild's, pois aqui irei citar diversos acontecimentos diretamente, o que COM CERTEZA estragaria a experiência de alguém que não leu ainda, então... agora sim, vamos lá. O que me deixa muito bravo quanto a essa temporada de romance, não é nem a falta da genial dose de ação que nos acompanhava por toda a obra, mas o que ferrou mesmo, foi a falta de consideração com os fãs que a obra se tornou. Começando por aquela parte da praia, que era só pra ser um insert clichê que temos em praticamente toda obra escolar, o que eu já tinha achado meio merda por existir, mas eu levei em conta o que foi apresentado até então e calei a boca, aceitando aquilo. O problema, é que aí já estava rolando o lance da Dal Dal VS a Rainha. Não sei se perceberam ao longo do manhwa, mas basicamente, era "A garota que investiu a obra inteira no protagonista e verdadeiramente ama ele e demostra isso a todo momento" VS "A menina da capa", entende onde eu quero chegar? Eu torci pra Dal Dal a porcaria do negócio INTEIRO, e a obra tava esfregando na nossa cara que ela era perfeita pra ele e tudo mais, até desenvolverem uma paixão repentina bizarra do Jae-Gu pela Rainha, tudo bem se parar pra pensar que os sentimentos da Rainha também são tão reais quanto os da Dal Dal, mas até então, ela nunca sequer tinha expressado isso por conta própria, a obra fez isso de uma maneira tão covarde, que me pareceu uma disputa muito injusta. Mas tudo bem, por mais raiva que eu tenha ficado quanto a escolha do protagonista, isso não era exatamente um defeito, era frustração minha como um fã que confiou o coração nas mãos de uma obra que até então, estava amando. Mas não para por aí, tudo bem ele ficar com a Rainha, ela não é uma personagem ruim no fim das contas, ATÉ ELES INVENTAREM DE BOTAR O CARA PRA CHUTAR AS DUAS! Tipo, é sério?! Tá zoando com a minha cara!? Não, eles não tão, isso é REAL! Nessa altura eu já tava tipo "Ferrou, não sei mais o que esperar", do nada o negócio ficou bizarramente realista e eu basicamente tinha aceitado que ele não ficaria com nenhuma das duas, até chegar aquela mini saga da Dal Dal sendo sequestrada. Aí eu fiquei: "Não, eles não vão fazer isso, eles não podem fazer isso... AH, ELES FIZERAM ISSO!", a saga em si foi bem legal e bem tensa, a parte de ação também foi bem insana, mas após isso além de matar totalmente minhas esperanças quanto a minhas apostas de casal, a obra fez questão de deixar tudo mais confuso pro leitor botando uma maçaroca de gente se resolvendo do nada, até tudo finalmente ir pro encontro do Jae-Gu com a Rainha, pra realmente nos dar a entender que ele vai voltar com ela, mas nãããooo, não pode ser tão fácil, tá achando que vai ser assim? Bora inventar uma desculpa escrota pra deixar os fãs sofrendo mais um pouquinho até o cap final chegar. Aí ficou tudo se esticando desnecessário naqueles balões intermináveis do principal se remoendo e a obra jogando na sua cara que ele é escroto (O que não é necessário ser um gênio pra ter percebido isso, falo por tudo que GotW apresentou até então). Mas aí você pensa: "Ué tudo bem, eles podem terminar legal ainda". Pois é, eles podem dar um final bonitinho com a rainha, certo? Pena que é aquele final HIPER ABERTO! Eles nem tiveram a coragem de dar um beijo pro final, e ainda deixaram a relação de inúmeros personagens secundários em aberto, fora eles terem esquecido de mostrar alguns personagens antes de terminar, e muitos desses, personagens que eu gostava. Eu realmente tive a impressão de que desanimaram bem hard na hora de fazer a segunda temporada, e acabaram dando uma descontada bem básica nos fãs, não é possível, nem falo por ter romance, mas sim como tudo foi desenvolvido cara. O final foi merecedor das críticas negativas de pessoas que alegam AMAR a obra mas mesmo assim deram uma nota hiper baixa no MAL, realmente me deixa surpreso ele neste momento está com 7.83 no My Anime List, o que é uma nota bem alta cara. No mais é bem isso mesmo, minha nota pra ele no MAL acredito que deva ficar entre 8 e 10, apesar de realmente querer abaixar pra números negativos por causa da segunda parte, mas eu realmente não acho justo, visto como a primeira temporada é boa. Bem, desculpa, sem aquelas despedidas enormes, boa sorte se for ler, espero que tenha gostado, até o próximo post~


You See!~

{ 3 comentários... read them below or Comment }

  1. Pq tinha que acabar? Eu to tão chatiado... mais ainda por saber que não vai ter mais...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aparentemente, aquele é o final for reals de Girls of the Wild's. Mas atualmente venho lendo um mangá na mesma pegada só que MUITO menor, o nome dele é Teppuu, se quiser dar uma olhada.

      Excluir

Postagem em Destaque!

Mirror[+18][ENG]

Page Oficial e Twitter

Seguidores

Tecnologia do Blogger.

Copyright © Melhores Jogos News -Black Rock Shooter- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan